Bem-vindos à bordo!

Bem-vindos à bordo!
Amigos, estou planejando há algum tempo um blog sobre viagens, porque viajar é muito cool! Estou vivendo na terra do Panda Gigante e quero compartilhar com todos as experiências que eu tiver por aqui. Ao mesmo tempo quero deixar registrado algumas viagens que já fiz por este mundão e muitas outras que gostaria de fazer. Bem, apesar de estar pertinho, não sei se irei visitar o monte Everest, porque não gosto de altura e não gosto do frio! Mas também não tinha ideia de conhecer a China e agora estou vivendo aqui! Coisas da vida! Então, bora viajar e ser feliz!

Pesquisar este blog

terça-feira, 24 de maio de 2016

Hoje é o dia Nacional do Café



 
Segundo a lenda, Kaldi, um pastor de cabras que morava em um vilarejo na Etiópia, observou seus animais pastando animados, correndo de um arbusto para o outro, em busca de pequenas frutas vermelhas. Ele ficou intrigado e resolveu experimentar a iguaria. Logo, estava alegre e contente saltitando junto com seu rebanho. O café havia sido descoberto!
 
 A cerimônia do café normalmente é feita em ocasiões especiais, mas os etíopes mais tradicionais a realizam todos os dias.
 
O café cruzou o Mar Vermelho, e as primeiras mudas começaram a ser cultivadas no Iêmen. Então ganhou o Oriente Médio e logo depois a Europa. Na Inglaterra deixava os trabalhadores mais dispostos durante a Revolução Industrial, e na França reunia intelectuais nas cafeterias para debater política. Na Ásia, o Vietnã se tornou o maior produtor da variedade robusta, enquanto o Brasil se tornou o maior produtor mundial.
 
Com o tempo, o gosto pelo café foi se aperfeiçoando e o cafezinho ganhou várias versões. A mais exótica de todas é o kopi luwak da Indonésia, que é elaborado a partir das fezes de um animal.
 
O café se espalhou pelo mundo e ganhou um número gigantesco de apreciadores que não conseguem passar o dia sem uma dose de cafeína.




Para os amantes do café e que estejam por Santos, São Paulo, vale o passeio pelo Museu do Café, conheça a historia, veja fotos e deguste de um bom café na cafeteria do museu. A cafeteria do museu oferece cafés de diferentes regiões do Brasil, além de sofisticados drinks.

Leia mais em:

museudocafe


Fonte de pesquisa: viajeaqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário