Bem-vindos à bordo!

Bem-vindos à bordo!
Amigos, estou planejando há algum tempo um blog sobre viagens, porque viajar é muito cool! Estou vivendo na terra do Panda Gigante e quero compartilhar com todos as experiências que eu tiver por aqui. Ao mesmo tempo quero deixar registrado algumas viagens que já fiz por este mundão e muitas outras que gostaria de fazer. Bem, apesar de estar pertinho, não sei se irei visitar o monte Everest, porque não gosto de altura e não gosto do frio! Mas também não tinha ideia de conhecer a China e agora estou vivendo aqui! Coisas da vida! Então, bora viajar e ser feliz!

Pesquisar este blog

domingo, 16 de outubro de 2016

A Atlântida Chinesa




Um labirinto de templos, arcos memoriais, estradas pavimentadas e casas escondidas à 40 metros de profundidade. Conheça a real Atlântida Chinesa.

Texto retirado do blog universointeligente.


Metropolis: Shi Cheng, apelidado de Cidade Lion após as Montanhas Lion que a cercam, sempre esteve escondida sob 131 pés de água desde 1959 para gerar energia hidrelétrica


A Cidade do Leão, fica em um lago entre as Montanhas Cinco Leões, em Shi Cheng. Ela era o centro da política e da economia na província oriental de Zhejiang.
 
Mas em 1959, o governo chinês decidiu construir uma nova hidroelétrica.
 
 
Clássica: As estruturas em Shi Cheng foram construídas 1.300 anos atrás com estátuas chinesas tradicionais. Longe do vento e do sol, manteve-se intacta
 
A cidade apelidada de “Cidade do Leão” fica entre as Montanhas do Leão que a cercam, e esteve escondida sob 40 metros de água desde 1959.
 
Ao ser concluída a barragem, a cidade foi lentamente sendo preenchida com água até que ficou completamente submersa pela massa azul-turquesa do agora Lago Qiandao.
E ficou esquecida por 53 anos.
 
O filósofo grego Platão escreveu sobre Atlântida cerca de 2.600 anos atrás, descrevendo-a como “uma ilha situada em frente ao estreito chamado de Pilares de Hércules”.
 
Mergulhadores redescobriram a cidade opulenta em um ambicioso plano para trazer os turistas de volta a região.
 
Mesmo estruturas de madeira permanecem surpreendentemente forte, de acordo com a equipe que ter ido para inspecionar
 
Mesmo as estruturas feitas em madeira permanecem surpreendentemente fortes, de acordo com a equipe que tem ido na frente para inspecionar.
 
 
Ele disse que a cidade desapareceu nas profundezas das águas em um único dia e noite.
 
Pesquisas continuam em todo o Mediterrâneo, particularmente em torno de Gibraltar, para encontrar a Atlântida original.
 
Mas a versão artificial da China será em breve uma famosa atração.
 
Qiu Feng, um funcionário do turismo local, já sugeriu o uso de Shi Cheng como destino turístico para clubes de mergulho.
 
 
Carvings: Os visitantes poderão ver as gravuras tradicionais em primeira mão quando guiada por Qiu Feng e sua equipe
 
Os visitantes poderão ver as gravuras tradicionais em primeira mão quando guiados por Qiu Feng e sua equipe.
 
 
Antes: Este é um esboço da cidade remonta centenas de anos, mostrando pessoas de estimulação das ruas e das mercadorias acarretou a cavalo
 
 
Este é um esboço da cidade que remonta centenas de anos, mostrando pessoas andando pelas ruas e das mercadorias levadas por cavalos.
 
 
Locator: O lago recém-construído, o que gerou energia hidroeléctrica para a região, é apenas ao sul de Xangai, no extremo leste da China
 
 
Qui disse: “Nós tivemos sorte. Assim que mergulhamos no lago, encontramos a parede exterior da cidade e ainda peguei um tijolo para provar isso.”
 
Protegida do vento, chuva e sol, a cidade inteira foi tachada de “cápsula do tempo”, por que quase toda a estrutura permanece completamente intacta, incluindo vigas de madeira e as escadas.
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário